Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

A última vez

Eu não me despedi de você, ou melhor, não te disse que não tenho mais forças para lutar. Hoje foi a última vez que tive esperança de te conquistar. Só hoje ainda desejei olhar seus olhos castanhos e suspirei ao lembrar do som da sua risada. Hoje eu queria te ouvir me pedindo uma bolacha e não um biscoito. Até queria te ouvir reclamar que está com sono e que odeia que bagunce seu cabelo. Não sei lidar bem com fins.  Não, não acabou nossa relação, que nem ao menos começou direito. O que acabou foram minhas chances e tentativas, acabou a vontade de lutar por você. Tenho a sensação de que o mundo não vai amanhecer amanhã, mas é pura quimera. Vou chorar mais umas três madrugadas, porém em quatro dias vai estar tudo bem. No pensamento, você ainda será uma lembrança. Ou melhor, parte do meu dia-a-dia. Aliás, te encarar será um constante exercício de auto-controle.  Você tinha que perde esse dom de fazer as pessoas se apaixonarem, sem nem ao menos, abrir a boca. E hoje, como sempre, desejo real…