Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

Pra você!

Imagem
Ainda não sei o que o futuro reserva a mim, mas quem sabe é o momento certo para surgir o sentimento mais nobre, que todos (por mais que não admitam buscam) o amor! Como amante que sou das palavras, escrevi uma poesia, que na verdade não tem haver só comigo, todos já passaram ou passarãopor isso, para que aconteça o encontro das almas gêmeas!
Sintomas (Delduque Avelino)
As coisas acontecem Sem a gente esperar As pessoas surgem Sem a gente desejar E aos poucos vão Ocupando um espaço Vão conquistando mais um abraço Até o dia em que não podemos Mais viver sem Sem a mais nova paixão, sem a atenção Sem a mais nova paixão Que vai dando um colorido todo especial Nos deixa sem ar Boca seca, voz trêmula Timidez plena Mas é assim que vem o amor Ocupando cada pedaço da nossa vida E do nosso coração Até que assim não passamos A ser um e sim dois corações Juntos na imensidão.

Ser professor!

Ser professor é se despir de todo e qualquer preconceito, é se libertar de valores demodê, é aceitar a educação como um sacerdócio, é não discriminar os educandos, é um ato de amar e ser amado.Ser professor, hoje, é saber lidar com as diferenças. É ter flexibilidade. É ajudar o aluno a refletir e não a produzir.Ser professor é ser um enunciador do saber, é ser um escultor de cidadãos. Ser professor é buscar o conhecimento para poder repassar para os outros. Enfim ser professor é construir um mundo melhor, mais justo e com mais dignidade.Ser professor é simplesmente colocar-se no lugar do aluno, eles esperam tanto de nós, mas muita das vezes nós é que precisamos deles porque se recebe muito conhecimento deles também.Ser professor, hoje, além de tudo ter prazer no que faz vontade de ensinar e alem de tudo prazer em aprender.Ser professor é, acima de tudo, buscar despertar no aluno o desejo pelo aprendizado geral, preparando-o para a sociedade através das diversas formas de conhecimento …

Espero A Minha Vez

Se o medo e a cobrança, tiram minha esperança,
Tento me lembrar, de tudo que vivi,
E o que tem por dentro, ninguém pode roubar.Descanço agora, pois os dias ruins, todo mundo tem,
Já jurei pra mim, não desanimar.
E não ter mais pressa, pois sei que o mundo vai girar,
O mundo vai girar, eu espero a minha vez.O suor e o cansaço fazem parte dos meus passos,
O que nunca esqueci é de onde vim,
E o que tem por dentro, ninguém pode roubar.Descanço agora, pois os dias ruins, todo mundo tem,
Já jurei pra mim, não desanimar.
E não ter mais pressa, pois que o mundo vai girar,
O mundo vai girar, e eu espero a minha vez.E eu não to aqui pra dizer o que é certo e errado,
Ninguém tá aqui pra viver em vão.
Então é bom valer a pena, então é pra valer a pena, ou melhor não.Os dias ruins todo mundo tem,
Já jurei pra mim, não desanimar
E não ter mais pressa, pois sei que o mundo vai girar,
O mundo vai girar, e eu espero a minha vez.(Nx Zero)*Sem Palavras...

Estive pensando...

Imagem
... em como minha vida é, digamos, meio depressiva. Tenho sonhos que parecem ser levados pela corretenza do mar. Sentimentos que são evaparados no ar. Amei demais, as pessoas erradas, pois hoje não tenho ninguém ao meu lado e vivo só a solidão dos dias. Quanto as amizades, até onde são verdadeiras eu nem sei. Hoje o mundo é uma competição, é como o céu cheio de estrelas, porém uma quer brilhar mais do que a outra. As lágrimas brotam em meu rosto, como folhas em árvores. Hoje a minha vida não é o que planejava. Não tenho o emprego que queria, não tenho as coisas materiais que desejava, não tenho o amor sincero, mas assim vou seguindo a vida, que apesar de tudo é a minha vida. Acho que tudo é um aprendizado, então hoje posso dizer que estou apredendo a ser mais forte a cada dia, a não desanimar diante dos obstáculos que a vida puser em meu caminho. As mágoas e decepções servirão de espelhos, para que eu possa, tentar não repeti-las. E vou também, aos poucos, deixando a minha vida menos dep…

Divã

Sou cinéfilo de carterinha, mas confesso ter um gosto muito particular em relação aos filmes e um dos melhores que vi nesse ano foi "Divã", mexeu comigo. A mensagem que tive é que não podemos "depositar" no outro a nossa plena felicidade e que existe vida após uma separação.Mas comecei falando disso, pois ontem vendo alguns sites de mensagens na internet, deparei-me com um trecho do livro "Divã" de Martha Medeiros, que deu origem ao filme. E como o trecho mexeu muito comigo também, o transcrevo aqui.
“Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos, um livro mais ou menos. Tudo perda de tempo. Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da s…