Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Uma das cartas que não mando

Queria que estivesse aqui. Pior é não poder colocar a culpa na falta de tempo, na correria do dia a dia ou na distância. Dói passar os dias, sem te abraçar, sem te olhar de perto e sem o seu sorriso ao acordar. O ponteiro corre, a noite cai, olho para o teto, troco a TV de canal, mas você da mente não sai. E eu cansei desses momentos repetidos, essas lembranças já decoradas. Quero cenas inéditas, criar outros episódios e que, no final, você esteja aqui. Entretanto sempre será uma encenação, você  não escolheu ficar comigo. O destino, injusto, insiste em mandar pistas, sem entender que quem quebrou o tratado foi você. Você que não quis, minha vida ocupar. Eu queria ser a pessoa que mais te dá alegrias, a que mais entende, aquela que apenas cuida. Precisei de você, mas não me segurou, não impediu e, inevitavelmente, tive que ir.  O tempo corre e não tenho como ficar, vendo a vida passar, assim como a estrada diante da janela do carro. Hora de substituir a lágrima, pelo mais branco sorris…

Mente brilhante

"Cada um de nós é a soma dos momentos que já tivemos. E de todas as pessoas que conhecemos. E são esses momentos que se tornam nossa história". Essa frase é de um livro/filme, que estava lembrando no momento, chamado "Para sempre". Aos que não conhece a história, que é inspirada em fatos reais, é sobre um casal muito apaixonado e com poucos meses de casados, ela sofre um acidente que causa lesão cerebral, ficando assim sem a memória de curto prazo. Ou seja, ela se lembra de toda sua vida, exceto do seu grande amor, que fez parte dos últimos cinco anos que viveu. E além de esquecer o marido, ela sente-se ligado ao ex-noivo, o qual não lembra ter se separado. E o marido, ao invés de desistir da esposa, que agora o vê como mero estranho, luta de todas as formas para conquistá-la e ter novamente seu amor.  E apesar, de todo esse enredo, hoje não quero falar de amor. Só lembrei de como essas simples frase, é de uma sabedoria sem tamanho. Sendo assim, se o apagar de nossa…