Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Altos e baixos

Hoje eu mudava alguns móveis de lugar e parei pra agradecer por essa oportunidade. Quantos nem um teto tem. Nos últimos dias, li tanta mensagem carinhosa, palavras que fizeram tão bem e a certeza de ser querido, que nada pode definir.  Sei que falta muita coisa pra felicidade eterna, se é que ela existe! Tenho uma penca de amores não resolvidos, algumas pendências e um vazio aqui dentro. A dor é uma companheira e minha terapia são meus textos, neles eu desabafo, exponho meu eu. Ou seja, lidar com a dor é algo que me faz sentir vivo, mesmo que isso quase me mate. Mas agradeço todos os dias, a família que tenho. Os amigos tão querido, que me fazem rir, mesmo quando eu não quero, que aturam minha bipolaridade e me dão tanto um afago, que nem sei como retribuir. Muitas vezes ainda digo bobagens, sou contraditório, carrego algumas mágoas bestas, estou longe de ser correto.  Tantas canções para ouvir, tenho uma estante com diversos livros e mesmo assim, quando vou a livraria não resisto e vou …

Era preciso dizer tchau

Hoje no meu iPhone não havia uma mensagem sua. Era verdade o fim. Acabou! Mas como acabou o que nem começou? Não tínhamos nada, como adorava lembrar. Cada encontro, a expectativa aumentava, de que uma hora aconteceria. Você deixava claro que não queria, mas o contato crescia. Quantos filmes, conversas diárias, pensamento sempre em você. Roubou meu coração, fui aceitando as frestas que me cabiam. Mas agora não tem mais sentido. Não fico visitando suas redes sociais, nem escuto mais as canções que me remetem as lembranças. Ainda lembro de você, mesmo sem motivo. Sinto falta do sorriso que eu tanto gostava de ver. Era bom te encontrar, entretanto tão necessário me afastar. Dessa vez, também quis dizer adeus, sumir de vista até estar curado dessa atração doentia. Com os olhos inchados, mentalmente, listei motivos para te odiar, para assim esquecê-lo mais rápido. Mas ainda lembro o último encontro, você vestia uma blusa linda. Há dias eu sabia que não daria certo, mas difícil largar o víci…

Prece

Podia ter sido você. Era pra ser você. Queria que tivesse sido você. Mas não foi. É! Não foi. Não foi você que entrou em minha vida, para compensar os errados de antes. Não era você que seria o motivo dos meus novos sorrisos. Desejava te abraçar bem forte. Conhecer o passado que traz, os projetos para o futuro, traçar sonhos em conjunto. Suas manias, defeitos, cheiros e gostos, ouvir todos, até sabê-los de cor. Quando te vi, meu coração parou por alguns segundos. Passou a ser o meu primeiro e último pensamento do dia, mas não foi suficiente para ter você. Queria te ter ao meu lado, nos melhores e piores momentos. Proteger-te de qualquer mal. Mas você não se importou. Não foi com você, que encontrei o amor. Talvez eu não soube dizer as palavras que queria ouvir. As peças do nosso quebra-cabeças não se encaixam, apesar de sermos tão iguais. Você era o único que eu queria e nunca tive. E não quero parecer chato, aquele que está correndo atrás de alguém, mas acabo correndo, porque você si…