Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Com ou sem você

Admito sou uma pessoa difícil. Talvez o erro seja meu, por sempre esperar mais do que podem me oferecer. Sonho o impossível? Começo a achar que sim.Sei que tenho diversos defeitos. Teimoso, chato, pretencioso, egocêntrico, mas esse é meu jeito, sou sincero comigo e com todos no “meu mundinho”, ou seja, gosta de mim como sou. Quem aguentar meu jeito, aguentou. Entretanto o erro pode não ser meu. Já pensou que é seu? Com seu egoísmo, com seu coração fechado. A verdade é que o erro não é de ninguém, pois estamos vivendo épocas diferentes. Cansei de breves momentos felizes, de não ser assumido. Enquanto você quer esconderijos, tem dúvidas do que senti. Não sou mais criança que aceita uma simples bala, para não mais chorar. Quero sim a felicidade, me sentir querido e amado, coisas que vi que você não pode me dar. Se tua desculpa é meu jeito? Foi mal, mas não vou mudá-la. Continuarei com os defeitos e qualidades – é também tenho qualidades – que tenho. Permaneço acreditando que dias melhore…

Fases

Todo ser humano passa por fase, afinal estamos sempre em aprendizado. Ninguém é cem certo uma coisa só. Durante nossa “passagem” passamos por diversos momentos. O fato é que uma hora, mesmo que na marra, temos que crescer. Amadurecer os pensamentos. Percebemos que os contos de fadas não acontecem a todos. Que não é um simples “eu te amo” que nos faz a pessoa mais feliz do mundo. Tive minhas fases. Já sonhei e acreditei – hoje ainda sonho, mas não acredito mais em amores verdadeiros e eternos. Na minha adolescência passei por diversas fases. Não só no quesito sentimental, mas também em relação a ser a pessoa que hoje sou. Pois através dos tropeços, das amizades que me decepcionaram, dos amores que me abandonaram, das lágrimas que pelo caminho ficaram, hoje sou quem sou. Mágoas?! Superadas. Passou a fase que elas doíam e eu as remoia. Os sonhos confesso que uns ficaram pelo ardo caminho. Alguns surgiram e, como estou vivo, outros virão. Com o amadurecimento pude ver que não importe a fa…

Discurso sobre a vida

“A vida é assim, não vem com manual”. Pelo visto esse é um segredo que até a Sandy já descobriu. Seria fácil se pudéssemos prever tudo que a vida nos reserva. Já pensou não sofrer, não cair nos percursos do caminho. Sempre acreditei que viver é arriscar. Nunca tive medo de dar um passo, arriscar é um verbo que sempre conjuguei. Mesmo sem saber o que estava em meu destino. A vida não é simples – se nem a da Sandy é, imagine a minha – mas é necessário vivê-la intensamente. A gente se acostuma a arrumar desculpas prontas para situações do dia a dia só não termos um manual de instruções. Quem omite suas opiniões, se deixar levar pelos outros, fica em casa em um sábado a noite por não ter companhia está morrendo lentamente. A vida é uma só. Não sei qual é o sentido dela, ainda não descobri. Claro que antes de qualquer passo dado, temos que refletir, pesar os prós e contras, afinal não a como voltar atrás. Nunca apagaremos o que foi feito. Quem dera tivéssemos o poder de uma borracha para i…

Montanha Russa

Enxerguei que o difícil não é perceber que você já está com outro alguém, que refez sua vida, que como dizem “a fila andou”, enquanto eu, depois de você, não me aproximei de ninguém. Não ganhei um abraço, um sorriso. É duro ver o céu nublado, as folhas secas da estação. O mar calmo e morto assim como meu coração ao te ver passar, sabe por quê? Porque ele não bateu compulsivamente como das últimas vezes. Não te desejei como se fosse o último ser da terra, não invejei quem estava segurando sua mão. Finalmente, depois de algumas lágrimas, vi que não era amor. Nem atração, se era paixão passou. O vento em meu rosto me traz uma sensação de alívio. Seu perfume nem me arrepia mais. Aconteceu... sei que não esqueci de ti, de ontem para hoje. Nossos momentos, nossas pinturas ainda estão na memória. Ainda vejo nossos nomes no outdoor, entretanto nossa aquarela escureceu. Hoje vejo com os olhos da razão e não existe nós, aliás acho que nunca existiu. Um dia nos entendemos, tivemos “liga”. O fogo…

Amar não está na moda

Na Revista Nova desse mês a atriz Deborah Secco declara que a pessoa ideal é aquela que entende uma relação e compartilha da mesma visão que o outro e que não se descobre "essa pessoa" de um dia para o outro. O que esqueceram de avisar a Deborah é o que hoje em dia parece que os seres humanos aposentaram a capacidade de amar. Perdeu-se aquela sensação de ficar suspirando, fazendo declarações. Está na moda ser fã da Katy Perry, do Restart. Amar não está na moda. As pessoas de hoje saem para ficar, beijar, vão para cama e pronto. Ficam com mais de uma, duas numa só noite e nem telefone trocam, se bobear nem o nome perguntam. Não estou dizendo que não faço isso - afinal sou solteiro - mas mesmo que fique com alguém é sincero, pra valer, até quando o outro permitir meus devaneios românticos. Parece que amar só é bonito nas canções do Roberto Carlos. Há mais ou menos uma semana atrás todos "apedrejaram" a Danielle Winits por se separar mais uma vez, e só três meses depo…

Sentimentos através de um poema

Hoje posto pra vocês um poema que escrevi num daqueles dias onde os pensamentos ficam martelando na mente.
Relatos de um coração (Delduque Avelino)
De dentro desse táxi Vejo a cidade passar As estrelas anunciam Que você não vai voltar Então a porta que deixei entreaberta Foi em vão Não virá Segurar minha mão Até eu dormir Lembro que me disse Que poderia me apaixonar sem medo Que me aqueceria quando sentisse frio E que tudo seria sereno como as águas de um rio Mas hoje Que não estou meio bem Sinto falta de alguém Que você foi Mas que como um rápido nevoeiro passou Meus sentimentos foram descartados Assim como as folhas secas no outono Perdi o sono E agora tudo são pequenas lembranças Ou fragmentos de um sonho Desculpe me entregar por inteiro E achar que tudo seria derradeiro Você foi embora Assim como um barco mar a fora E sei que não volta mais Na hora do adeus Nem olhou para trás E passado os dias Minhas ligações não são atendidas E nem as mensagens são respondidas Os e-mails provavelmente são deletados Os velhos retr…