Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Antes & Depois

Estou eu outra vez aqui, sentada em frente a tela fria de um computador, mas com o coração em chamas, com borboletas no estômago, com os pensamentos acelerados, com a solidão ao meu pé. Sinto uma saudade imensa de tudo que não vivi, de abra ços que não dei, sorrisos que não sorri, mensagens que não mandei, perdões que não pedi, beijos que não dei, uma saudade amargamente doce, saudades de um passado muito presente. Lembranças do antes, do agora e do depois, então, como agir? Sinto-me sem norte, busco uma direção, corro e não encontro uma saída e sim só dúvidas. O azedume consome meu peito, o desejo daquele beijo, daquele olhar penetrante me maltrata. Voltar a viver um erro é certo? Eis a questão que está me fazendo perder o sono. Quisera eu ter a solução para todas essas dúvidas latentes em meu ser, mas enquanto não sei solucionar o que sinto, me disponibilizo a escrever estes sentimentos enrolados.

Bobagens

O que existe além do que já foi dito sobre o amor? Toda minha vida pautada em amores que tive ou gostaria de ter.Falando sobre os que tive, também não tenho muito que dizer. Amei e fui muito bem amada. Mas foi um amor, um único amor, que veio cruzou minha vida, tocou minha alma e ficou marcado em minha pele. Aquela que só nos atrevemos a lembrar, quando durante a noite no escuro, encostamos nossas cabeças no travesseiro e o silêncio cala fundo. Percebemos que amor igual não há e que aquela pessoa continua e continuará a ser nossa referência afetiva mais sincera e profunda.Todos nós carregamos com nós uma história. Não importam os anos, certas coisas simplesmente permanecem. Mas então, numa quinta-feira a tarde de um ano qualquer, tropeçamos nesse amor já supostamente esquecido. Não é doença nem obsessão. Aliás não e nada, só amor. Amor dos bons, daqueles que são únicos e maravilhosos, que acontecem poucas vezes na vida das pessoas. Daqueles amores que ficam e que teremos que conviver …

Escolho Você

É tão contraditório te querer tão bem, desejar tanto você, quando a única coisa que sei ao seu respeito é o nome. Não ter conhecimento dos seus gostos, qualidades e jeitos não me causam medo. Ao contrário, estou tão disponível a descobrir. Quero segurar sua mão, te proteger nos dias de chuva, lhe acalmar quando tiver um sonho ruim. Desejo te contar as boas do meu dia, lhe surpreender com minhas palavras. Sinto uma enorme vontade de ouvir sua voz, de admirar seu sorriso e de estar ao seu lado. Contigo sinto que a dona tristeza nem vai ousar em chegar. Quero te fazer feliz, lhe dar tudo que procura em alguém. Sei que pode ser premeditado, duvidoso e que dá medo, mas só preciso de uma chance. Quero ser a diferença em sua vida, por isso me atiro sem medo e sem proteção no sim. Quero pagar esse preço, melhor que ficar na dúvida. Se for mais um falso amor, saberei que ao menos eu tentei. Quero fechar meus olhos e te seguir. Mesmo sabendo, que às vezes o bem estar pode ser passageiro, mas pr…

Imprevisível

Hoje quando acordei senti uma enorme vontade de admitir que nunca soube nada do amor. Já amei, me apaixonei, me entreguei e o que restou?! Nada! Ou melhor, restou as lembranças, meus aprendizados. E sabe o que me conforta?! Que apesar de tudo, ainda tenho sonhos. Ainda acredito no amor e o busco incansavelmente. Ainda quero muitos abraços, conversas intermináveis. Ainda creio que só o amor pode nos fazer feliz. E o amor companheiro, verdadeiro. Não apenas aquele que nos faz mudar o status do facebook. Sei que meu coração já está como uma colcha de retalhos. Cheio de linhas, amarras, tanto nós, entretanto ainda dá pra renovar, pra retalhar mais. Porém agora quero um amor imprevisível, sem repetições. Sem aquela de ser feliz por um tempo, e depois dizer adeus. Não quero com isso dizer que acredito no para sempre, mas preciso de mais que breves sorrisos. Quero muito.  E finalmente percebo que nunca posso querer pelo outro. O retorno se faz necessário, por isso preciso do imprevisível, de…