Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Esperar para sempre

Você ainda vai chegar sem avisar. Vai entrar em minha vida, acabando com todas as certezas e ilusões. Ocupando todos os espaços, sem deixar um cantinho para dúvidas. E fazendo esquecer todas as hipóteses não realizadas. Provando que no meio de tanta gente chata e sem graça, eu encontrei quem queria. Aquele que eu poderei me apaixonar todos os dias. E que posso alcançar, sem temer a tela em branco, que é o depois.  Eu ainda nem sei quem é você, como costuma se vestir, o que ouve e o que faz. Nem sei se vai ser daquelas pessoas, que nem acho bonita ao ver pela primeira vez. Não faço ideia, se já cruzei com você, em alguma esquina ou lugar dessa cidade. Ou se você anda tão escondido que é mais fácil encontrar a tal agulha no palheiro. Porém não faz diferença, sei que estou te esperando. Esperando você me deixar sem ar, segurar minha mão, me abraçar quando eu reclamar do frio. Esperando o nosso para sempre, que vai durar o suficiente pra ser inesquecível. E enquanto valer seremos inteiros,…

Migalhas

Como um defeito, o amor chega e realiza seus feitos. Tento agir desinteressado, entretanto falho e acontece o contrário, um interesse chega no mais alto nível e eu tento manter a rédea, agindo com controle. E não por medo de sofrer, afinal não serei eu o primeiro a morrer de amor. Só cansei dessa rotina de vai e vem, de esperar uma mensagem pela manhã, da expectativa de apresentar as amigas, do seu comportamento independente, das desculpas furadas e frases decoradas. É minha escolha não esperar mais pra te ter ao meu lado. Entretanto também quero sentir aquela sensação boa de sorrir ao olhar o telefone, quando você ligar. Porém parece que os sentimentos é como um balão que saí voando sem rumo. E dessa vez, não vou correr atrás. Chega de correr atrás de migalhas. Parei de querer viver a sua mercê. E de se contentar estar aqui, quando você quiser. E ainda questiono-me se tudo que fiz, pra te conquistar, foi o bastante. Mesmo tendo certeza que fiz até demais. E agora, é mais uma noite pra …

Um dia

Fui bobo em acreditar em suas palavras. Você brincou, fingiu não saber o que queria, mas enganou-me com o velho clichê "o problema sou eu, não você". E agora, tenho que fingir ser forte, superar e não fraquejar quando você me cumprimenta, com o sorriso, que acaba comigo, dizendo "bom dia", como se nada tivesse acontecido. Seus olhos castanhos me hipnotizam e o seu perfume, que infelizmente não é exclusivo, parece meu nariz impregnar. Você ainda me faz querer te alcançar. Entretanto é em vão, você sempre consegue soltar minha mão. Depois de tanta indiferença, a solução é te esquecer. Mas como esquecer quem fez meu mundo parar e ao contrário girar?
Porém é perigoso continuar assim, é preciso querer ir, assim como você foi. Até os meus sonhos você abandonou, te vejo apenas de longe. O que ficou foi nossa história escrita, em linhas tortas. Confiei em você, desabafei coisas do meu coração. Disse a ti que, em minha mente acreditava, que se eu tivesse alguém pra chamar de…