Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Deixa acontecer

Você finge não saber, que quero fazer parte do seu dia e ser aquele que te faz sorrir sem nenhum esforço e não um sorriso irônico e sim aquele sincero, natural. Em troca deixo ser o motivo do meu olhar apaixonado e da minha necessidade constante. Quero que me faça ter emoção e uma surpresa a cada movimento. Quero enlouquecer, suspirar. E não quero só por uma noite, quero por um tempo satisfatório ou quem sabe até onde durar. Porque espero que seja tudo menos despedida. Não aguento mais o cheiro da partida. Na verdade, partidas não têm cheiro, mas têm gosto, um gosto amargo. O coração aperta, minha mente vai até você sem que eu nem perceba. Observar você acordar e questionar sua forma de pensar, são vontades minhas. Mas, de repente, você é apenas uma tempestade que vem pra balançar, transbordar e agitar. E até esqueço que preciso daquele sereno tranquilo, da calmaria que vem e fica. Sei que talvez essa euforia de início não seja combustível suficiente, vai ver nem dê pra continuar. Aind…

Coração errante

Mais uma vez, teve final. Se bem que nem início teve. Foi um encontro bom, você até deixou boa impressão e uma vontade de sentir seu cheiro eternamente. E nem teve demora, gostar de você foi fácil. Não houveram borboletas, flores ou poesia, aconteceu através de um olhar e um sorriso. Esbarrar em ti, para deixar minha mão se perder na sua, era meu desejo. Logo quis cumplicidade, abraço, carinho e te ligar ao findar do dia. Mas ainda não aprendi que quando se gosta tão rápido, a frustração ocorre. O convite para um segundo encontro foi negado. Dei importância a quem cruzou meu coração, porém esqueci de dar importância a mim mesmo. Sei que me envolvi precipitadamente e mais do que deveria, o que me agradava, hoje não me faz bem. Você resistiu e nem paz transmitiu.  Coloco as músicas no modo aleatório, mas pulo metade delas, pois todas trazem você à memória, porém não trazem sua presença para o presente, para o abraço e o beijo, que ainda estão guardados. Não queria me apegar, nem te guard…