Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Felicidade

Nesse último fim de semana refleti bastante sobre a questão de felicidade. Essas reflexões vieram por conta dos meus passatempos culturais. No sábado fui ao espétaculo "Parem de falar mal da rotina", monólogo da extraordinária Elisa Lucinda. Saí pensando, do que adianta ficar reclamando disso, daquilo, pois enquanto passo tempo reclamando não faço nada pra mudar, não faço nada pra encontrar minha verdadeira vontade, felicidade, meu verdadeiro eu. Foi nessa cena que veio a frase que mais tocou meu coração durante a peça, que é quando Elisa narra seu poema intitulado "Só de Sacanagem" e diz: "Sei que não dá pra mudar o começo, mas se a gente quiser dá pra mudar o final". A peça, ainda, nos faz pensar sobre a importância de se falar "eu te amo" e também sobre como é bom sermos nós mesmo. Nessa mesma linha é também o filme "Divã", que tive o privilégio de ver no domingo. Uma bela história, com uma sensacional atuação de Lilia cabral. Ao ve…

Sobre o amor...

Agora eu já sei (Ivete Sangalo)
Duvidava, não entendiaQuando alguem me falou
Suspirava de agonia
Pra sentir esse amor

Tempo mestre de todas
Horas e dia
Passou sem ver
Te amar de verdade
Sentir saudade
Mas so de você So de você

Agora já sei
Quando falta a respiração
É a prova que o coração
Já não sabe mais
Viver sem você

Agora já sei
Que me falta sempre a razão
Traduzir melhor a emoção
Por que trago aqui
Bem dentro de mim
É esse verdadeiro amor que procuro. Por conta dessa busca, já quebrei muito a cara, já meti os pés pelas mãos.Disse muito “eu te amo” errôneos. Mas faz parte do jogo. “Ama todo mundo”, “volúvel”, “gosta fácil demais”, já falaram tudo isso de mim... Se me incomodo?! Claro que não! Amei muito sim (e que bom que eu amo ainda nos dias de hoje) e não me arrependo, pois a todos que disse essa frase acreditava que esse era o sentimento, durante todos esses anos (talvez até hoje) acreditava que aquele tremor, aquela ansiedade, o pensamento inconstante era o amor. Não deu certo!? Tudo bem, assim …

Recados

Imagem
“Não posso causar mal nenhumA não ser a mim mesmo”
Essa frase é da canção “Mal Nenhum” do grande poeta Cazuza. E todos sabem que ele foi um dos mestres da minha monografia.E quando me deparei com essa frase, me identifiquei totalmente.Sei que muitos julgam minhas opiniões, minha opção, meu modo de viver, entretanto como o próprio Cazuza disse, se essa opção for causar mal a alguém, será apenas a mim mesmo. Então por que me criticar? Por que opinar? Até porque os que comentam, nem sempre querem meu bem. Pois acredito que as pessoas que me amam, que querem me ver feliz, vão – não digo nem aceitar – mas respeitar. E não vão querer me mostrar a melhor maneira de viver.Bem é isso...
 Agora uso esse espaço para mandar um recado muito especial.
“Minha querida Jaque...feliz aniversário!! Lhe desejo muitas saúde, muito sucesso. Que você conquiste todas as suas vitórias, que realize todos os seus planos. Que Deus abençoe todo o caminho por onde passar. Gosto muito de você e mesmo não te vendo, nem…

Mensagem do jornal

Imagem
Nessa manhã, assim como de costume - aos domingos - lia o jornal. E me deparei com uma mensagem na coluna de Paulo Coelho - que não é um dos meus atores preferidos - que me fez pensar muito, até por ser um dos dias que não acordei muito bem, acordei desmotivado e desacreditado de que terei um bom futuro. Enfim, não vou expor agora toda a reflexão que senti por conta da mensagem, até porque admito ainda estou "processando" a mesma. Entretanto dividirei com vocês a tal mensagem, que se chama "A vida e o entusiasmo".
"Você chega em casa e pega alguns jornais, liga a TV sem som e coloca um disco. Usa o controle remoto para mudar de canal, enquanto tenta ler os jornais e a revistas, e prestar atenção na música. Os jornais não trazem nenhuma novidade, a programação da TV é repetitiva, e você já ouviu este disco muitas vezes. Uma desculpa passa por sua cabeça: 'A vida é isto mesmo'.  Não! A vida é deslumbrar - se com o milagre dos dias. Pense onde você deixou s…

Distância

"A distância é a medida do desejo"
Há uma ou duas semanas atrás, ouvi essa frase de uma professora, entretanto só ontem parei pra refletí- la. Olhando para o passado, vejo quanto gente já chamei de amigo, quantas juraram estar sempre comigo, quantas amei, quantas me amaram... Muitas o tempo,o destino afastou de mim. Porém como diz a frase, qual será  a medida desse sentimento hoje!? Lembro de momentos da infância, onde não me preocupava com nada, somente se teria sol pra brincar no quintal. Dessa época traga até hoje, com amiga, Nany. Ela cumpriu a risca a frase "estaremos sempre juntos" e se Deus assim quiser, será assim até o fim de nossas vidas... Trago minhas queridas primas Ju e Tati, não porque são parentes, pois tem alguns que não vejo a tempos (e confesso não sentir falta), mas porque elas e sua família estão comigo sempre que precisar. Época de escola... é a maior saudade que trago no peito. Sempre fui de grupinhos, aqueles fechados, que ninguém entra e ninguém …

Reflexão do mês

É o mês de abril chegou ao fim.Foi um mês rápido, porém cheio de mudanças. Muitas coisas me aconteceram.Vi a verdadeira “caras” de algumas pessoas...Adiei a realização de um sonho...Histórias sem futuros...Mas tudo passou... a página virou... Maio vida nova!!Dedicar – me – ei mais aos estudos, planos de pós, trabalhos, aulas práticas no estágio, horas complementares... é isso!Ocupar a mente, esquecer pessoas que só me trazem mágoas...E compartilhar bons momentos na companhia das pessoas que gostam de mim e querem ver o meu sucesso.Fico por aqui... beijinhos a todos :)