Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Companhia

Em mais uma manhã de inverno, a solidão bate em minha porta, porém ela entra antes mesmo que eu permita sua visita, que, aliás, torna-se cada vez mais constante. Na verdade essa tal companheira resolveu ser presença garantida, em quase todos os meus momentos. Mesmo quando estou entre amigos, conheço alguém, curto o momento, beijo ou abraço alguém, basta olhar para o meu lado. Chegou a um ponto que ela já nem dói, nem me faz mais ficar com o olhar tão triste. Ela só me faz pensar e deixa-me com uma pergunta, de até quando ela me acompanhará?! Por mais um dia, um mês, um ano ou até mesmo um século?! Vejo que a solidão é minha fiel companheira, pois depois de horas de balada, de um incrível jantar, um bom papo e até mesmo de um momento íntimo de prazer; é somente ela que está em meu quarto comigo, acompanhando todos os meus pensamentos. E todos os dias é a mesma duvida que “martela” em minha mente, até quando a solidão estará comigo?!"O tempo passa e com ele passa a dor. Pois tudo p…

Poemeto

Um dos poemas que já fiz e hoje compartilho com todos vocês!!!
Enredo (Delduque Avelino)
Não dá pra disfarçar Nem tento esconder Mesmo com o passar do tempo Ainda desejo você Dizem até que é só te encontrar Que muda meu olhar É tão bom te desejar E por não ser correspondido Fico triste, coração partido Mesmo assim não consigo desistir Tentei demais te esquecer Mas daqui pra frente, viver sem você Não me dá prazer Queria ir além de um abraço Queria mais que atenção Pra viver enfim Tudo que permite a paixão Mas não é simples assim Afinal você não quer gostar de mim E nada posso fazer Há não ser voltar A tentar te esquecer Mas dessa vez sem recaída Sem crise de abstinência E nem arrependimento Assim peço a Deus Que permita viver Sem sentir falta de você
♥ ♥ ♥

Liberdade

Como eu queria acordar, caminhar por aí, sem hora pra voltar.Sentar de frente para o mar, ver as ondas ir e voltar. Enquanto assisto minha vida passar e minhas lágrimas caem sem ninguém questionar. Andar livre, sem ouvir o celular tocar. Encontrar um sábio que me diz o que fazer e aonde cada escolha minha dará. O que o amanhã me reserva e se meus sonhos vão se realizar. Como eu desejava andar, andar e andar até chegar as estrelas onde Deus me diria o que o livro da vida me predestina. Mas como não é possível, resta a mim estar aqui sentado e pensando. Até a lágrima em minha face rolar e alguém me perguntar o que ouve ou então quando o celular tocar e me lembrar que a vida, por mais que eu não esteja bem, segue em frente.
"Me deu vontade de fugir pra bem longe daqui e comecei a entender. Como eu quero viver, eu passei a sorrir só quando tenho vontade. E comecei a sentir a impressão de ser
livre". [´Livre - Liah]

Premonição

Nossos olhares se encontraram.A mesma sensação ardia em nossa alma. Seu sorriso encantador foi a ponte para nos apresentarmos. No alto da montanha, com a desculpa do frio, estendeu seu casaco em meus ombros. E com apenas instantes de conversas, percebemos que havia tanto em comum. As palavras em seus lábios sussurravam como os acordes de uma bela canção. O beijo foi aquele como sempre sonhei, o melhor de todos os gostos. Seu abraço era minha maior certeza, enquanto a lua nos iluminava. Até que de repente... despertei! Tudo não passou de um inevitável sonho ou será que foi uma premonição?!
O seu nome eu não sei Eu me lembro que eu sonhei E acordei pensando em você {Um dia... meu primeiro amor - Wanessa}

Descrição

Estou lendo o livro "Coisas da vida", da Martha Medeiros. No livro essa reunida diversas crônicas que Martha escreveu. Mas uma em especial, destaquei, pois além de linda, nos fala a alma. Não tenho nem muito a dizer, leiam a crônica e espero que toque o coração de todos.
Os excluídos
Ao contrário do que o título desta crônica possa sugerir, não vou falar sobre aqueles que vivem à margem da sociedade, sem trabalho, sem estudo e sem comida. Quero fazer uma homenagem aos excluídos emocionais, os que vivem sem alguém para dar as mãos no cinema, os que vivem sem alguém para telefonar no final do dia, os que vivem sem alguém com quem enroscar os pés embaixo do cobertor. São igualmente famintos, carentes de um toque no cabelo, de um olhar admirado, de um beijo longo, sem pressa pra acabar.
A maioria deles são solteiros, os sem-namorado. Os que não têm com quem dividir a conta, não têm com quem dividir os problemas, com quem viajar no final de semana. É impossíver ser feliz so…

Aprendizado

Todos que têm perfil no orkut, na hora de preencher aquele perfil social, na parte que fala de relacionamentos, tem a seguinte questão: o que aprendi com relacionamentos anteriores... Hoje pude ver que nada. Conheci alguém especial e puder sentir as mesmas sensações que jurei que nunca mais sentiria. Pude ver também que não posso querer pressupor quais serão as qualidadades de quem vou me relacionar. Pois apesar de ser legal, de ter beleza e ser o par perfeito, quem eu amar terá vícios, não gostará das mesmas coisas que eu e terá um passado também. Vejo que com tantas relações não consegui aprender a controlar a ansiedade, nem aprendi a não esperar a tal ligação. Mas pelo menos um aprendizado eu obtive. Aprendi que o tempo é que resolve tudo. Que por mais que eu tenha pressa e queira resolver as coisas em 24 horas, tudo acontece em seu devido momento. Viver um dia de cada vez, afinal por mais que às vezes não pareça, um novo dia amanhecerá.
"Eles dizem que é impossível encontrar …

ECLIPSE

É mais uma madrugada fria e as lágrimas em meus olhos caem como uma cachoeira. Da janela vejo o céu e, em pensamento, fico remoendo todas as tramas vividas. Os amores que não obtiveram sucesso. Até que o céu anuncia que o eclipse acontecerá. O sol e a lua se unirão e serão apenas um. Nessa hora bate o “insight”. Percebo onde está o erro (talvez né?!)No amor tem que se ter a junção do sol com a lua, por isso, desde que o mundo é mundo, dizem que os opostos se atraem. Do que adianta, eu encontrar o “sol” alegre, vivo, se eu também for como esse sol, ou seja, não teremos o diferencial. Não temos a sombra, a calma e a beleza que toda lua traz. Ainda não encontrei minha lua, o eclipse ainda não ocorreu em minha vida. Mas espero pacientemente esse momento chegar, pois a diferença relacionamentos anteriores é essa, hoje não tenho mais pressa de amar. Sinto sua falta na beira da estrada pra ver o sol
nascer, e continuar
Sigo, sei que ainda encontro o caminho, destino me
traz você, me traz você
(T…

Edward ou Jacob

Como fã incondicional da saga "Crepúsculo" fui a estreia de "Eclipse". Nessa terceira parte da saga a protagonista Bella (Kristen Stewart), tem que fazer sua escolha entre Edward (Robert Pattinson) e Jacob (Taylor Lautner), como o slogan do filme já diz: "Tudo começa... com uma escolha!"Em meio à sessão de histerias e suspiros das muitas jovens, que comentavam: "como ela é burra, se sou eu fico com o Jacob. Que é muito mais lindo."Realmente Jacob é o mais lindo, não há com negar. Mas analisando a situação, Bella ama os dois. São sentimentos diferentes. Jacob é uma paixão. Caliente, que nos dá a sensação de liberdade, aquece nosso coração. Sem dúvida ótimo de ser vivido. Já Edward é o amor verdadeiro. Aquele para se casar, construir família. Amor que sossega nosso coração eternamente. Por isso, diferente de todos (ou pelo menos da maioria) prefiro que Bella fique com Edward, ou melhor escolho que ela fique com o verdadeiro amor. Aquele que vai lh…