Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Milhões de vezes

São duas horas da manhã, mais uma noite que não consigo dormir. Hoje me peguei relendo a nossa última conversa. Na tela do whatsapp "a gente se vê no final de semana". O tempo passou, continuei te vendo online, via suas piadinhas, sem graça por sinal, em grupos em comum, porém comigo não falava. E mais um sábado passava, mais um domingo também e eu na minha, sem querer te pressionar, porém esperando o tal fim de semana.  Já estava cansado dos seus joguinhos, que fui incluso como participante, mesmo sem querer. E não cansei só dos joguinhos, cansei de ficar pisando em ovos, de estar a procura de qualquer sinal e, também, de tentar entender o que se passa dentro de você. Cansei do seu talvez, até um não me machucaria menos.  Eu quis você desde o dia que te conheci. Não, não é exagero. Seus olhos se alojaram em mim. Queria que cada abraço seu fosse eterno, queria morar em seus braços, com a cabeça encostada no seu ombro e sentindo seu perfume amadeirado. Você não é perfeito, mas …

Só agora

Não sei qual foi a mágica que você fez, mas quis agir com cautela pela primeira vez. A você não estou pedindo o para sempre, um buquê de flores ou que elogie quando eu vestir minhas blusas de super-heróis. Só quero caminhar de mãos dadas no domingo de manhã, só peço um abraço mais demorado e um lanche juntos, numa sexta qualquer. Não precisa mandar mensagem dizendo que chegou bem ou ligar no dia seguinte. Quero só um beijo a mais ou até dois, quem sabe. Um toque mais lento, um carinho agradável eu peço. Mas sem essa de planos, não quero férias em 2030, nem falar de lua de mel e também não precisa fingir que o seu pensar me pertence.  Não precisa ser o meu poema de Drummond, nem dizer que o meu sorriso te desmonta inteiro. Nada de jantar de família, de fotos no instagram e mensagens no meio das segundas-feiras. Não me diga seus medos, suas loucuras, mas vamos pular de asa delta uma hora dessas. Que tal? Podemos cantar num karaokê fim de semana que vem, mas não precisamos ter uma canção …

Sei que é você

Fazia tempo que um olhar não mexia tanto comigo. Teus olhos me encantaram e me fizeram querer te beijar, sem se importar com o mundo em volta. Agora sinto que bateu direto ao meu coração. Fico querendo te encontrar com hora marcada ou simplesmente andando pela rua. Pegue minha mão, quero caminhar e descobrir tudo que te agrada.  Com apenas uns minutos deixou teu rastro em mim. Fica de uma vez, não enrola, enrolar só se for dentro de um abraço. Aliás, me abraça forte e pode demorar. Quero passar o tempo te admirando, cuidar do teu sono e nos seus sonhos morar. Não resiste, quero fazer parte dos seus planos. Prometo café da manhã preparar e dar alegria já ao acordar.  Tenho certeza que cai tão bem em mim e que seu toque sossega o meu. Meu pensar quer te pertencer, seu sorriso preencheu meu lugar e ali me deixei ganhar. Sua paixão quero ser, me cala com um beijo. Você chegou do nada, mas já mexeu com tudo. Descobrir aquela música insuportável que adora, disparar a conversar, enquanto você …

Eu, você e nossos mundos

Foi tão fácil gostar de você, mesmo inventando diversas razões para meu coração esquecer que você existia. Queria acreditar que era coisa da minha cabeça, uma paixonite sem importância e que meu romantismo infantil não devia se prender a isso. Cheguei até inventar a ironia de que nunca teríamos uma história de amor digna de Eduardo e Mônica, portanto não era você. Eu queria o sempre, você o agora. Eu o plano, você o acaso. Eu a certeza e você, no máximo, a esperança. Eu chego antes da hora e você ainda está no banho. Eu inverno, você verão. Eu romance, você comédia. Eu data, você surpresa. Eu a calma e você o agito. Eu o óculos, você sem foco. Eu a oração, você o pecado. Quero horário comercial, você a madrugada. Eu sou ponto final, você vírgula. Sou um mundo e você o outro. Mas a gente mesmo assim colidiu. Os dias passaram e o tempo fazia questão de esfregar na nossa cara, que mesmo que fôssemos nada, nossas linhas já tinham se encontrado.  Desejava que a gente terminasse as frases um …