Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Dê um sinal

Simplesmente acontece, ainda sinto aquele arrepio, me pego parado lembrando de você e sinto o coração disparar tão forte quando posta uma nova foto no seu Instagram. Nossas trilhas caminham pra gente se achar, mesmo que não tenha sido na sua hora certa. Acredito tanto em nós, que sinto vontade de guardar meu amor numa gaveta, a espera da sua hora de despertar tal sentimento que é seu. Às vezes me pego parado pensando em você e sem esforço, visto que como não te esqueci, lembro facilmente o quanto gosto de você. Toda vez que meu telefone sinaliza, o procuro torcendo para ser você. Ouço a música começar e já penso em você, mesmo sem saber se ela tem haver com a gente. Chego a pensar em desculpas pra te procurar, mas penso e logo desisto. Assisto a uma comédia romântica no Telecine, digitando mensagens e frases, que você nunca recebe, já que não são enviadas. Quem dera se eu tivesse a capacidade de enfrentar seu maior problema, que é se permitir amar, ou melhor, ser amado. Você é digno d…

A ilusão de um sonho azul

Igual naquele filme da Sessão da Tarde, você chegou cobrindo meus olhos e perguntando "adivinha quem é?". E eu sentindo o corpo derreter como tintas num quadro impressionista. Mas era só um sonho, um lindo sonho azul. O sonho parecia tão real que é como se estivesse ali, observando meu sono. Quanta ilusão. Sei que foi brincando que me encantei, de repente a paixão tinha despertado. No meu olhar o amor já habita e todos sabem que te encontrei. Até o medo de me apaixonar de novo ignorei. Foi por sorrisos, troca de olhares, conversas fiadas e por querer que me apaixonei. Que vontade de te roubar um beijo, te abraçar como nesse sonho que acabo de despertar. Meu desejo de hoje era ter quinze anos de novo, só para usar a brincadeira de beijo, abraço e aperto de mão como desculpa pra contigo ficar e em você despertar a mesma paixão. O sol entra pela janela, estou encantado e te vejo em todos os lugares que vou. Quero que me olhe do mesmo jeito, que por querer deixe eu ocupar seu cor…

Primeira vista

A primeira vez que te olhei foi como encontrar uma luz na escuridão. Tão forte e brilhante a ponto de me fazer esquecer tudo. Não foi amor a primeira vista, foi mais. Deu uma vontade de fazer planos, viver as histórias que lia e ter uma trilha sonora. Eu olhava seu sorriso de que não vale nada, tão encantado. Ao enxergar você, já vi refletido em ti, todos os textos que ainda escreveria e já sabia que passaria horas pensando nos seus olhos. Ao conhecer você, eu soube, que te escolhi. Mesmo sem saber da sua história, gostos e preferências. Encontrei minha inspiração, quem eu queria que não fosse só um caso a mais, você seria a felicidade daquele dia útil chato, em que trabalho/casa/faculdade tira o humor, a sua beleza ia permanecer e me fazer bem.  E te encontrei no primeiro dia de uma nova etapa, sem estar a procura, nem hora marcada, sem aquela coisa previsível. Entretanto ao te cumprimentar tive certeza que não ia querer conhecer mais ninguém nessa vida. Foi você que mexeu comigo e ia…