Pra você!

Ainda não sei o que o futuro reserva a mim, mas quem sabe é o momento certo para surgir o sentimento mais nobre, que todos (por mais que não admitam buscam) o amor!
Como amante que sou das palavras, escrevi uma poesia, que na verdade não tem haver só comigo, todos já passaram ou passarãopor isso, para que aconteça o encontro das almas gêmeas!

Sintomas (Delduque Avelino)

As coisas acontecem
Sem a gente esperar
As pessoas surgem
Sem a gente desejar
E aos poucos vão
Ocupando um espaço
Vão conquistando mais um abraço
Até o dia em que não podemos
Mais viver sem
Sem a mais nova paixão, sem a atenção
Sem a mais nova paixão
Que vai dando um colorido todo especial
Nos deixa sem ar
Boca seca, voz trêmula
Timidez plena
Mas é assim que vem o amor
Ocupando cada pedaço da nossa vida
E do nosso coração
Até que assim não passamos
A ser um e sim dois corações
Juntos na imensidão.

Comentários

Raphael disse…
É verdade, esse poema diz muita coisa...sentimentos verdadeiros, boa escolha
Greice Vieira disse…
Poesia linda, como o seu coração. =)
thaina disse…
Muito tempo que não venho...seu blog ta bombando! Aliás ele esta lindo como a alma do dono!!!

Adorei a poesia!!!

Beijoks ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver