Altos e baixos

Hoje eu mudava alguns móveis de lugar e parei pra agradecer por essa oportunidade. Quantos nem um teto tem. Nos últimos dias, li tanta mensagem carinhosa, palavras que fizeram tão bem e a certeza de ser querido, que nada pode definir. 
Sei que falta muita coisa pra felicidade eterna, se é que ela existe! Tenho uma penca de amores não resolvidos, algumas pendências e um vazio aqui dentro. A dor é uma companheira e minha terapia são meus textos, neles eu desabafo, exponho meu eu. Ou seja, lidar com a dor é algo que me faz sentir vivo, mesmo que isso quase me mate.
Mas agradeço todos os dias, a família que tenho. Os amigos tão querido, que me fazem rir, mesmo quando eu não quero, que aturam minha bipolaridade e me dão tanto um afago, que nem sei como retribuir. Muitas vezes ainda digo bobagens, sou contraditório, carrego algumas mágoas bestas, estou longe de ser correto. 
Tantas canções para ouvir, tenho uma estante com diversos livros e mesmo assim, quando vou a livraria não resisto e vou comprando mais, aumentando a pilha dos não lidos. Ainda carrego muitos sonhos, uns que até sonhei sozinho, mas que quero realizar com alguém. 
Os dias vão passando, tenho e-mails não lidos, ligações que esqueço de retornar, entretanto tantas coisas a dizer as pessoas que me fazem bem, mesmo não estando ao meu lado. Ando distraído, com fones no ouvido, mas não estou totalmente longe do mundo, pois olho em volta pra ver o quanto conquistei até aqui. 
Leio conversas antes de dormir, repenso em meus erros e, como todo ser humano, questiono minhas atitudes, com o velho "e se...". A verdade é que a vida sempre nos reserva altos e baixos, tudo começa com uma escolha e vamos sim nos questionar se optássemos pelo outro caminho, o que teria sido diferente. Porém, (in)felizmente o ponteiro do relógio já girou diversas vezes e o sol nasceu, anunciando um novo dia. E por esses parentes incríveis, por esses amigos maravilhosos e até mesmo pelos simples conhecidos, vale a pena continuar escrevendo uma nova história nesses dias, que sempre irão amanhecer. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver