Migalhas

Como um defeito, o amor chega e realiza seus feitos. Tento agir desinteressado, entretanto falho e acontece o contrário, um interesse chega no mais alto nível e eu tento manter a rédea, agindo com controle. E não por medo de sofrer, afinal não serei eu o primeiro a morrer de amor. Só cansei dessa rotina de vai e vem, de esperar uma mensagem pela manhã, da expectativa de apresentar as amigas, do seu comportamento independente, das desculpas furadas e frases decoradas.
É minha escolha não esperar mais pra te ter ao meu lado. Entretanto também quero sentir aquela sensação boa de sorrir ao olhar o telefone, quando você ligar. Porém parece que os sentimentos é como um balão que saí voando sem rumo. E dessa vez, não vou correr atrás. Chega de correr atrás de migalhas.
Parei de querer viver a sua mercê. E de se contentar estar aqui, quando você quiser. E ainda questiono-me se tudo que fiz, pra te conquistar, foi o bastante. Mesmo tendo certeza que fiz até demais. E agora, é mais uma noite pra pensar. Leio mais alguns capítulos de um livro, pra resistir vasculhar seus passos, espiar os comentários e confirmar, através das suas redes sociais, que de fato, não existe nós. Nunca existiu. Você me ignorou, enquanto pode, me iludiu e acabou com meu conto de fadas. Até que assim como a bela adormecida, tive que acordar e parar de querer esperar, por quem não quer chegar. Eu tentei, tanto me segurei pra não dizer "eu te amo" na primeira semana, mas não deu pra evitar, ainda mais quando fez meu coração disparar, ao sua boca na minha encaixar. Mas chega de nisso pensar. É hora de seguir, seu perfil não mais visitar e não cair em tentação, por um "oi" que mandar. Não nasci pra me contentar com pouco, mas que sigo tentando nesse velho jogo da vida. Pois sou aquele que mesmo cortado em mil pedaços e perfurado em todas as direções, insiste e persiste. Mesmo sabendo que não existe final feliz ou um pote de ouro no fim do arco íris, permanece com seus sonhos bobos e infantis que garantem haver um mundo ideal e alguém perfeito. Sou apenas alguém que espera alguém que vá ajudar a viver e sem migalhas de amor oferecer. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver