Sou de gêmeos

Você pode até não acreditar nessas coisas de signo, se nossos astros combinam e se a posição da lua nos favorece, entretanto quero te dizer que sou de gêmeos. É isso, sou de gêmeos e parece que todos nós, que somos de gêmeos, somos um pouco excêntricos, desinibidos, despreocupados e até solitários. Nós não temos dificuldade em nos apegar, não é bem assim. Entretanto odiamos a ideia do depender de alguém. Conversas longas, olhares demorados, perguntar aonde foi ou o que fez, até gostamos. Mas hoje, amanhã não. Semana que vem? Talvez! Esse é o lance. O que para os outros pode ser esquisito ou falta de personalidade, para nós é apenas uma variação. Hoje posso querer te dedicar todas as canções da Anavitória, te abraçar forte e planejar uma viagem a Nova Iorque. E dois dias depois, querer um tempo sozinho. Olhares rápidos, nada de bom dia e até preferir você de verde, sendo que semana passada era de azul. 
Gosto de paz, quero confusão. Gosto de chocolate branco, quero chocolate preto. Quero muito você, mas se for o caso, vou embora sem medo. Inquietude. Talvez esse seja o problema do geminiano. Queremos tudo e queremos nada. A rotina incomoda, mas não significa que vivemos livre sem amarras. Não é isso. Queremos relação, não prisão. Consigo acordar quatro dias (ou mais) ao lado da mesma pessoa e com as mesmas vontades, entretanto não na mesma posição e com diversos caminhos na mente para realizar cada uma dessas vontades. O bom de ser de gêmeos é que vou bagunçar suas certezas, seus compromissos marcados e te pegar de surpresas. Combinamos de ficar em casa de moletom com pipoca e Netflix, porém quero sair para jantar, arrume-se. Garanto reinventar o seu clima e aliviar seu estresse, depois de um dia longo. Não me importo que você vá de chinelo ao meu lado, mas também te quero arrumado. Quero Big Mac, mas topo sua dieta fitness. Eu vou me adaptar as situações, é assim. Pois geminiano que sou, falo de política, desenho animado, guerra, preconceito, o meme da Gretchen e sobre a seleção brasileira com a mesma empolgação.
Eu preciso de mais e de muito. Preciso de incertezas e de ciclos fechados, preciso do para sempre e do era uma vez. Gosto de novos capítulos e dos últimos parágrafos. É o novo e o velho, o desconhecido e o comum. Tudo tem interesse para o geminiano. Gargalho alto e choro baixo. Ou vice-versa. Dá para se apaixonar por alguém de gêmeos, só não espera alguém pronto todos os dias. Posso não saber onde quero parar, pois sou aberto a primeira vez, entretanto sempre preciso de alguém do lado, até para me lembrar o caminho, caso eu queira voltar. Seja esse alguém. O que preciso é que me convençam que ver o mesmo pôr-do-sol na mesma pedra da mesma praia é sempre uma experiência nova, porque a cada tarde será diferente. Eu disse que preciso de mais e de muito, então seja o infinito. Sempre leio livros, mas nunca o mesmo. Seja um livro novo a cada semana. Olha para mim profundamente e me faça desejar permanecer. Desperte a paixão a cada dia, porque esse é o segredo, sendo de gêmeos, preciso me apaixonar por você todos os dias, igual a Drew Barrymore, em "Como se fosse a primeira vez". Sou de gêmeos, mas não precisa fugir, pode ficar. Vale a pena. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim