Coração Partido

Em um dos momentos que precisava desabafar, dizer o que minha alma sentia, escrevi esse poema. Não há muito o que dizer, ao ler, está clara a tristeza que tomava conta de mim...

Momentos que são meus (Delduque Avelino)

Só queria entender esse momento
Queria que soluções viessem como vento
Queria ter esperança
Ter perseverança
De que ao amanhecer

Tudo irá se resolver
Vida cruel
Destino que não se parece com um céu
Abrir os olhos
Para o que quero esconder
Prefiro as mentiras
Do que o sofrer
Sei que é pura ilusão
Mas não aguento mais
Juntar os pedaços do meu coração
Sei que é apenas afastar
Prolongar
A dor que é inevitável
Tento achar resposta em vão
Não era isso que sempre sonhei
Minha vida hoje não é o que planejei
Nem o que busquei
O futuro eu nem sei
Mas não acredito que mudará
Seguirei o meu caminho
Tentando ainda entender
O porque de todo esse pesar
Que espero
E creio
Que um dia irá passar
E os momentos que são meus
Exclusivamente meus
Irão apaziguar


Comentários

thaina disse…
Del que poema lindo...adorei as rimas!!! hehehe

Vc como sempre arrasa...como a sua tristeza é fértil hein, mas quero ver sua alegria dando belas árvores frondosas!!!

Te adoro ♥
Tata
Tenho certeza que irão apaziguar sim!

Uma beijoca e parabéns pelas belas palavras que traduzem sentimentos não muito belos, mas sim doidos...

Conte sempre comigo...

Amo-te!
Anônimo disse…
DeL vc é d+!
visita meu blog e passa pra galera:silmaferreira.zip.net, beijos.
Anônimo disse…
Del, você consegue transmitir nas palavras, todo o seu sentimento de amor, saudade e dor, confesso-lhe que lendo o poema pude sentir um pouco de toda essa exacerbação de sentimentos. Silma.
Gisele disse…
Oi, Delzinho!
Espero que esse eu lírico tenha saído de vez de dentro de vc... Possibilitando muitos momentos de alegria e paz. É claro q nem tudo é um mar de rosas...Contudo, aprendemos a viver com os erros e as decepções,assim construímos nossos caminhos.Desejo-te toda felicidade do mundo, pois os versos são lindos para quem os lêem, mas tristes para os que os sentiram na pele.
Mil beijos...
Gisele.

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver