Meu poema

Antes de mais nada, deixo claro que minha intenção não é deixar minha vida pública, não comentarei nada sobre tal história. O que hoje posto aqui, é um de meus poemas, aos que me conhecem, sabem que adoro transcrever meus momentos, minhas relações, meus sentimentos vividos, então a uns meses atrás fiz este.

Ps.: dedico especialmente a minha amiga Thainá (sua admiração é ímpar), a minha amada prima Ju (seu apoio e ombro amigo são fundamentais) e minha querida Gisele (quanta inspiração).

Caminhos Oponentes (Delduque Avelino)

Dessa vez acreditei que seria diferente
Que o destino juntou a gente
Pois nascemos um para o outro
Mas não foi assim que aconteceu
Depois de um tempo não deu
Pra seguir em frente
Optamos por caminhos oponentes
Gosto do seu jeito de ser
De falar que gosta de mim
Do seu beijo e do seu sim
Mas não é o seu momento
Não é a sua hora
Você teve que ir embora
Involuntariamente, talvez
Ou na verdade, não era pra ser
É até difícil entender
A pessoa certa, na hora errada
Será que existe isso?!
Você que tem que responder
Se isso é verdade
Ou desculpa esfarrapada
De quem não sabe o que quer
Deixa pra lá
Não foi a primeira, nem a segunda
Muito menos a terceira vez
Que vivi uma decepção
Uma desilusão
Foi só mais uma rasteira da emoção
E sei que no final, vou superar
Vou esquecer
Sei até que uma outra pessoa vai aparecer
Quem sabe ele não me faça bem?!
O bem que você não conseguiu fazer
Tomara ainda que ele me dê o amor
O amor que eu sempre sonhei
E sempre quis ter


Comentários

thaina disse…
Um poema dedicado a mim??? Que lindo!
Adorei suas palavras!

Pode ter certeza que existe o tipo certo de pessoa errada, e pessoa errada no momento certo, e o momento errado com a pessoa certa. E sabe pq? Pq as pessoas são incompatíveis, mas o amor nos torna um, ou dois, dividindo as mesmas vontades!

Te adoro ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver