Viver a Vida

Na semana passada estreou a novela "Viver a Vida", de Manoel Carlos. Na história principal Helena (Taís Araújo) e Marcos (José Mayer) se apaixonam perdidamente. Esse avassalador romance causou em mim uma reflexão.
Na nossa vida real, as pessoas querem esperar o amor acontecer. Não querem arriscar. Conhecemos alguém e falamos eu te amo no primeiro encontro, é quase um crime. Sendo que na ficção, não foi essa a reação de Helena. Ela fica lisonjeada quando Marcos fala que a ama minutos depois de conhecê-la, e retribui a ele todo carinho. Já os "seres humanos" querem dar tempo ao tempo, ir aos poucos se conhecendo, querem ir ficando. Ninguém está disposto a arriscar, como eu.
Voltando a trama de Maneco, Helena e Marcos nesse amor repentino, casaram-se depois de uma semana. Isso me faz pensar, porque os personagens arriscam, dão a cara a bater e os seres mortais não fazem a mesma coisa?!
Muitos irão dizer: "Aquilo é ficção, não existe. Na vida real é diferente". E eu direi: "Que pena."
Entretanto não dizem que a vida imita a arte, os meros mortais podiam imitar os personagens do horário nobre, e se atirarem no amor, sem medo de errar, de sofrer.
Viver é ser intenso. Amar é se atirar a beira de um precípicio, sem medo, pois o outro estará lá embaixo esperando por você.
Tem que se viver sem medo do dia seguinte. Tirar os pés do chão, arriscar, sonhar e amar compulsivamente.
Isso é viver a vida...

E hoje em dia, como é que se diz: "Eu te amo."?
(Vamos Fazer Um Filme - Legião Urbana)

Comentários

Perfeito texto, perfeita música.
A cada dia vc escreve melhor.

Amo-te mt!

Um PS só entre nós...ok?
Cinthia disse…
Vc arrasa!!! Q pena q esses poemas traduzem o q vc está sentindo!!

Bem que vc podia ser igual ao q o Pessoa diz:

"O poeta é um fingidor!"

Te amooooo
thaina disse…
Del adooooooooooooro. Essa novela é tudo, fico vidrada. Eu adoro a Helena e o Marcos pq eles me fazem ver meu relacionamento, afinal tambem estou com um cara mais velho. Penso exatamente como vc, a hora é agora, vivamos, e depois pensemos, catemos os cacos do nosso coração. O importante é amar, ser amado e aprender com tudo que se viveu. É uma pena para mim saber que Marcos e Helena irão se separar, pois eles não saõ almas gêmeas, uma terceira pessoa surgirá, mas é ficção, tudo pode né??? Aguardemos os próximos capítulos...

Postagens mais visitadas deste blog

Sou de gêmeos

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim