ESCOLHAS

Nos últimos dias tenho repetido a mim mesmo a frase: Tudo começa com uma escolha... E começa mesmo. Há todo momento escolhemos algo. Sabemos que o amor acontece, não escolhemos quem amar, mas escolhemos sim lutar ou não por esse amor. Fazer o possível e o impossível por ele. Até quando nos causa dor, escolhemos como será. Ficar-se-emos nos martirizando em cima de uma cama, comendo chocolate e ouvindo a “nossa música”. Ou se ergueremos a cabeça e iremos em frente, afinal como dizem “a fila anda”. Escolhemos dizer tal coisa, tomar atitudes. Enfim temos o poder de escolha em nossas mãos e cabe a nós saber utilizá-lo. Aliás, a escolha é nossa arma desde que somos crianças. Conforme vamos crescendo elas surgem. Já passamos a dizer o que queremos ganhar, anos mais tarde, começamos a dizer que profissão iremos querer ser. E onde iremos comemorar nosso aniversário, aonde será a balada do dia e assim vai. Se nossas escolhas serão certas ou erradas, só o destino dirá. Mas o que é fato que ao escolhermos temos que estar prontos para arcar com as mesmas. Não se culpa o destino, o tempo, o outro, fulano, Deus então, muito menos. Certo ou errado a culpa é somente nossa. Afinal temos o nosso poder de escolha.

“Existe um dom natural que todos temos // Nossas escolhas vão dizer pra onde iremos” (Charlie Brow Jr. – Uma criança com seu olhar)

Comentários

Amei a reflexão...

OBS: Eu ri com as letrinhas que tive que digitar >>paril.
Tayane Scott disse…
Odeio escolhas. Tenho pra mim que sempre faço as erradas e meto os pés pelas mãos. E você está coberto de razão são elas que nos guiam e nos dizem o que será do amanhã ou dos próximos cinco minutos.
Biia (: disse…
as escolhas são sempre mto complicadas ! :S
Gamei no texto !
Bjo sdç ! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver