O que vem por aí...

O medo de sofrer volta a assombrar minha mente, entretanto gosto dessa sensação de gostar de você. Tudo é novo de novo. O arrepio quando seu olha cruza ao meu, o tremor na alma, as mãos que começam a suar. Será que você que espero há tempos?! Será que vem de ti aquele beijo que fará tudo mudar?! São tantas dúvidas que rondam os pensamentos, e pior é saber que todos ficarão sem respostas, pois só o tal tempo é que escreverá nosso caminho. Estar contigo é viver com a incerteza do talvez. Desperta em mim o tal clichê que dita viver um dia de cada vez. Não planejo, não sonho com o romance ideal, pois não acho que se encaixe nesses padrões. Nossa história pode até dar certo, mas a vejo cheia de curvas estratégicas, que são difíceis de explicar. Mas sei que estou aqui, de coração aberto, pronto pra me atirar mais uma vez nesse precipício chamado de sentimento. Sei que posso te fazer feliz, só vou lhe causar o bem. Ao seu lado ouço os tais sinos tocarem. Você apareceu no momento em que só o que desejava era um abraço sincero, realmente era pra ser, afinal depois de tantos meses, aqui estamos vivendo uma aventura, talvez pra ti um caso sem importância, mas que para mim é o diferencial. És a exceção que buscava nessa loucura chamada de vida. O que vier para nós dois será bem vindo. Quero aproveitar cada momento contigo. Quem sabe a minha vez chegou?! São tempos para viver um grande amor. Você já me faz ver além do horizonte, quero ser sua solução, sua válvula de escape, tenho necessidade de ficar com você. E pensando nesse ponto de vista, o medo de sofrer, me decepcionar cessou. Estou de peito aberto, com a cara a tapa, pois o que vier para nós dois será bem vindo. Embarquei nas asas da paixão, estou na nuvem mais alta que há e se, por ironia do destino, uma queda eu sofrer, será uma queda consciente, estou pronto para o desenrolar de todo essa “paixonite” e seguindo o antigo, mas cotidiano conselho de Vinícius de Moraes que dizia: que não seja imortal, posto que é chama mas que seja infinito enquanto dure.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sou de gêmeos

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim