Tempo de amar!


O tempo passa. O telefone insiste em não tocar. E-mails não chegam. Mensagens então, nem pensar. Ninguém ousa chegar por essa porta. Nem atravessar o meu caminho. Não aguento mais a solidão. Abraçar o escuro, conversar com o espelho. Só quero alguém que não se torne ausente, que me conheça profundamente e me olhe nos olhos ao menos por cinco minutos.
Busco quem aceite ficar ao meu lado e que não seja igual a quem por aqui já passou. Quero viver num céu. Nessa vida curta, quero ser feliz ao menos uma vez. Ainda sou do tipo que acredita, que sonha e ama. E por mais que algumas coisas não deram certo em minha estrada, não perco o poder de sonhar. Ainda acredito, mesmo quando o mundo insiste em me provar o contrário.
Sempre vou acreditar que o sonho do amor é possível, sei que vai chegar a minha vez de amar e serei feliz enfim!! Vou encontrar quem entenda o meu jeito de amar. E ainda acredito no amor, pois gosto das coisas não compráveis. Adoro uma flor roubada no canteiro, de rabiscar nossos nomes com o giz. Há minha hora vai chegar, não deixo de acreditar. Ser-se-á amanhã, no próximo mês, no ano seguinte sei lá. Mas estarei aqui pronto a viver esse amor. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver