Tinha que ser você

Fiz de tudo para você perceber que era eu, que podia lhe fazer bem. Você é o que pedi aos céus, ao meu anjo querubim. Quando te abracei a primeira vez, pedi até aos anjos que nos deixassem a sós, afinal o trabalho deles já havia sido feito. Andei sem direção, meus pés descalços pisavam o chão, procurando por você nesse destino ermo. Tinha que ser você, dessa vez tinha certeza que havia encontrado o grande amor da minha vida. Mas não! Acreditar nisso foi um erro, foi em vão. Você está fora de alcance. Está de pirraça, em outra vibe, como você mesmo diz. Seu jeito diferente atraiu minha atenção, garanto que posso te fazer feliz. Entretanto não está de coração aberto. Esconde suas dores e medos, através de uma máscara, que tento inultimente tirar. Você era minha esperança para os dias ruins, para a cura dessa solidão. Porém não se importa, nem dá valor a isso. E mesmo sabendo que não quer vim, tenho deixado a janela aberta para ouvir você se aproximando e chamando meu nome. Não tenho mais esperança, nem creio mais em nós dois. Acreditava que seus olhos eram perfeitos para os meus. Seu sorriso alegrava meu dia. Suplicava por um mísero abraço seu. Mas agora resta esquecer, seguir a busca, não quero ninguém pela metade, nem quero me dedicar a pessoa errada. Tinha que ser você, mas não tem mais que ser. Meu mundo está melhor sem ti, e quer saber, até gosto dele assim. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver