Para o amor futuro

Ao amor futuro peço, que me segure pela cintura, mas não me deixe sentir-se preso. Se eu quiser, voltarei. Que ele goste de conversar, mas que também me ouça sempre. Repare em mim e lembre do meu sorriso ao deitar, isso é um grande diferencial. Que esse amor fique ao meu lado, mesmo que seja em silêncio. Que segure minha mão, me abrace, mesmo com todos nos olhando. Que seja um amor que não tenho palavras, pra ser explicado. Que use um perfume só seu, para que eu não possa esquecer. A esse amor, peço também, que me escreva bilhetes, cartões, mesmo que não os entregue. Que ria comigo, mas que me leve a sério. Que deixe-me ser a coisa mais linda que já aconteceu em sua vida, entretanto não me trate como um troféu. Que não mude por mim e nem me faça mudar por ele. Pode ser bobo, mas não idiota. Pode ser misterioso, para eu poder desvendá-lo. Que não se preocupe, com o que vão dizer. Que esse amor, tenha paciência comigo. E que pelo menos tente, me deixar bem. E, principalmente, tente me fazer feliz, pois só de tentar, já estarei sendo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver