Pra viver um amor

Durante um tempo encontrar o amor virou ideia fixa na minha cabeça. Na verdade ainda é! Sou aquela pessoa que acredita que só seremos felizes estando com alguém, que o amor é fundamental. Por conta dessa busca, quantos "eu te amo" já saíram da minha boca. Tantos nomes na agenda telefônica, quantas situações já me submeti, sem pensar na imagem que ia resultar. Nunca consegui ficar só, sempre curei as dores de um falso amor, com uma nova pessoa, afinal como já disse o que eu sempre quis era alguém para amar. Sou de me envolver fácil, acredito no que dizem, e embarco sem temor numa nova aventura, não me fechei, pois acredito que cada pessoa é única. Não é porque tive amores malsucedidos, que os próximos serão. Sigo acreditando - e buscando - o tal do amor. E não pensem que tento passar uma imagem que não tenho, entretanto é muito fácil julgar sem saber o que passa em meu coração! Vou aproveitando as situações, já tentei fazer pessoas erradas serem as certas, como já posso ter esbarro com a certa e desperdiçado. Quero viver um grande amor, aquele que tira o sono, que se entrega, domina o pensamento e traga calmaria. Afinal, cresci acreditando que só assim seremos felizes. E o amor sempre foi meu grande desejo, meu pedido nas orações. E assim, vou tentando, posso ter mais uma pessoa e achar, como posso também ficar com umas trinta e seguir na busca. Vou me atirando na vida, aceitando certas coisas, cometendo outras e acho desnecessário, usarem essas atitudes contra mim, pois ninguém pode me dizer como agir. Sei que hei de achar, vou me doando, remendando o coração e sem me diminuir com as críticas e opinião alheia, pois não se iludam, de bobo não tenho nada! 

Comentários

Tá certo, viva! Agora não julgue as pessoas quando elas tem alguma idéia sobre você, são pessoas, mentes habitadas tão e somente cada um por si, e que tem capacidade de pensar.

Postagens mais visitadas deste blog

Sou de gêmeos

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim