Pedido do dia

E de repente, vejo o quanto errei em te deixar de lado. Você não tinha culpa de meus problemas e, além disso, era o que me fazia bem quando eu estava cercado deles. Pois, essa sempre foi a maior verdade, você me faz bem, independente de namorar, ficar e coisas do gênero. É como quando somos criança. O gostar é suficiente. Criança gosta e pronto. Não se existe motivo, nem a extrema necessidade de "ter". Desculpe o ato falho, desculpe virar as costas. Você foi minha maior inspiração, ilustração de tantas canções, aquele que enxergou minha alma, mesmo a distância e que nunca precisou estar ao meu lado, para eu ter os melhores sorrisos, portanto foi errôneo te esquecer, como se fosse um objeto que perdeu a graça. Desculpe a ausência de "bom dia", as curtidas não retribuídas. Você faz parte de mim e eu não devia ter agido assim. Esse é o meu pedido de desculpas, por não ter sido amigo nos últimos dias. Você é importante e nunca deixará de ser. Não quero me afastar, só agi errado. E esse é o meu pedido de perdão, pois pude ver que não escolhemos de quem vamos ter carinho e nem de como nos sentimos, mas podemos escolher o que fazer a respeito e vi, mais que nunca, que te quero por perto. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sou de gêmeos

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim