Desamores

E de repente, uma simples mensagem muda tudo. Faz enxergar que não era você. Pelo visto nunca foi. Até semanas atrás nem existia, então agora como pode doer ao se despedir?! Não deu tempo de fazer morada, foi uma breve estadia. Era apenas minha nova possibilidade, que com o sorriso perfeito, com a devida atenção e com total carinho, me fazia dar risadas durante o dia, mesmo enquanto o mundo ao redor continuava sem cor. 
Chegou sem avisar, sem deixar espaços para dúvidas e rompendo qualquer certeza, afinal era tudo muito novo e eu que tantas ilusões tinha, acabei sem saber o que fazer. Provou que no meio de tanta gente chata, sem nenhuma graça é possível conhecer alguém e que eu ainda posso me apaixonar muito mais, nessa vida. Em diversos momentos me deixou sem ar, fiquei por horas lendo e relendo seus sms's, feito um adolescente diante da primeira atração. Ao me puxar pela cintura e abraçar, causava suspiros. Ao me beijar na chuva e o com seu casaco me aquecer, fazia-me perceber tamanha importância. 
Entretanto, não mais que de repente, tudo pode mudou. E eu já devia saber que ia acontecer, afinal sou bom em se apaixonar em tempo integral. Em criar expectativas e planos e ver que nada era real. O mesmo roteiro, a cena repetida e o velho discurso do "o problema é comigo, não contigo". Mais uma vez foi assim, mas que fique claro, não significa que você foi apenas mais um.
Amanhã não sei se vai chegar mensagem, se vai dizer que só foi ali e voltou ou, ainda, se será como se nunca tivesse existido, exceto por minha memória e fotos no rolo da câmera. Não verei mais o brilho em seus olhos negros, ao sorrir pra mim. Chega a doer sim, não posso negar. Mas com o tempo passa. Afinal todo fim é ruim, porém é o caminho para um novo começo. Que seja o começo de algo bom, que aconteça de verdade e não apenas na minha mente. Não dá mais pra criar um amor perfeito, indestrutível e invencível. Amores acabam e os fracos, não merecem ocupar o meu tempo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver