Palmas pra você

De repente, olhei o calendário e lembrei que é hoje. Queria escrever palavras mais bonitas, mas não consegui fugir do clichê "Parabéns! Tudo de bom!". 
Quanto tempo não o vejo e nem sei de você. Nem sei se ainda ler o que escrevo, mas tenho certeza que lembra de mim. Afinal durante um tempo me enganou com suas promessas. Fez eu acreditar nos seus sentimentos fajutos. Você sempre foi um passo errado, tantas mentiras e eu, inocente, acreditava. Mas ainda bem, que abri os olhos a tempo, pra dar logo um fim. Será que ainda continua iludindo as pessoas sem se arrepender? Ou será que ninguém mais cai nos seus truques? Melhor continuar sem saber. Gostava tanto de você, mas foi tão necessário me afastar, já estava cansando das mesmas desculpas, que já até sabia de cor. Porém depois de uns anos, é apenas uma amarga lembrança. Não faz mais parte da minha vida, é apenas um mero conhecido no facebook, porque faltou coragem de excluir e, hoje, é indiferente. 
Mesmo assim, não poderia deixar de desejar: "Parabéns! Tudo de bom!".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver