O que eu não disse

A gente se encontrou, você sorriu e me deu um abraço apertado e durante aqueles segundos, esqueci completamente que a meses não nos víamos. Fazia uns minutos, que estava sentado de frente pra você, com o corpo travado, pensando no que perguntar, o que contar e, temendo, o que ouvir. Seu sorriso desmonta meu temor, mesmo as palavras não sendo o que esperava. Se bem, que nem eu sabia o que queria escutar. É engraçado, voltar numa história, que até então estava encerrada. Depois de tantos desencontros, estamos aqui outra vez. Pelo visto, duas linhas não se cruzam à toa. Pena as nossas linhas serem tortas, a ponto de não formar uma história. 
Mas se quer saber, foi bom te ver e enxergar o quanto amadureceu. Todo mundo tem seus medos, receios, entretanto vi que abriu mão de alguns, está se permitindo e isso é muito bacana, mesmo que não tenha sido por mim. Não podia te pedir pra ficar, se você não queria. Como aquele livro, que a gente leu, você determina se quer ficar ou não. 
Na maioria das vezes, pra se ganhar é preciso arriscar. E você agora viu isso. Não tem como saber se nossos planos vão dar certo, se tal história será pra sempre. Claro que as pessoas erram, falham, pois não existe príncipes, nem princesas. Nossa história, não era pra ser, vamos seguir em frente. Chega desse jogo de gato e rato, dessa tensão de quero e não quero, admito que acabou. Não existe nós. Existe carinho, amizade, o querer bem, entretanto não há desejo, além do carnal. Claro, que meus olhos ainda brilham ao te ver, como há quase um ano atrás. Amores acabam e nem por isso, deixam de ser amor. Só cansei do seu talvez, enquanto eu queria que se jogasse de cabeça no sim. Mas foi erro meu, mergulhar tão fundo, nesse amor raso. A verdade é a vida é curta demais, pra deixar que o que não deu certo, domine os dias. Arrumei a bagunça entre nós, chega de indiretas escritas nas paredes e mensagens com respostas dúbias. Viva seus dias, com sorrisos sinceros e que a felicidade, vire rotina. Um dia a gente se vê, se preciso for. E vamos nos falando, enquanto valer a pena. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver