Game over

Foi mais um encontro que não deu em nada. Mais uma vez desacreditado estou. Não foi nada demais, porém foi mais um nada demais. Novamente somos minhas mágoas e eu na solidão da noite, enquanto penso por que não deu certo.
E não venham com frases feitas de que a culpa é minha por forçar situações, que sou errado em me entregar e procurar o amor que ainda não rolou. Vou disposto sim, dedico meu tempo, me arrumo e estou entregue, com peito e coração abertos, para depois do papo ouvir: Rola ficar na amizade? Só me resta responder que rola, afinal não posso te obrigar a me aceitar, a ficar comigo sem querer. É nítido, novamente, que curti demais e o outro nada curtiu. 
Não, não fique triste, nem se preocupe, não é sua culpa, é só que às vezes cansa. Cansa repetir o mesmo papo, contar todas as histórias e refazer aquelas perguntas decoradas sobre o outro. Cansa ir procurar se os nossos signos combinam, ouvir a música de um artista que nunca ouvi falar pra ter assunto e comentar com uma amiga que agora vai ser diferente. Essa busca demanda grande esforço e, chega uma hora, que cansa. Até porque querendo ou não, me sinto desinteressante, como se meu papo fosse desatualizado, os meus gostos errados e aparência, deixa pra lá. 
Relaxe, que estou bem, já sei como é isso. É assim mesmo na hora, depois volto a sorrir, mesmo que seja pra disfarçar. Sempre foi assim, só que uns mais rápidos, outros demoram mais, entretanto ao fim, meus amores chegam. É tanto game over que tenho pensando em desistir de jogar. Nem devia mais me incomodar, é o mesmo de sempre, porém me incomodo com a esperança partida. Outra vez vi alguém indo embora, deixando um vazio que não é fácil. Às vezes parece que encontro a pessoa que parece certa, mas num momento em que não cabe em minha vida. Disposto até a sair machucado, tento fazer caber, entretanto realmente não dá, não é o momento, não é pra ser. Pois pessoas certas, cabem nos momentos certos e vice-versa. Quando esses dois quesitos vão se encontrar, quem vai saber, só sei que, pelo menos por hoje, cansei mesmo de tentar. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Milhões de vezes

As coisas que nunca te disse

Eu amei te ver