Não foi tempo perdido

Hoje acordei, conversei com a solidão e contei a ela como queria receber um "quero te ver". Queria que dissesse que fico bem de vermelho, que gostou das minhas escolhas e quer me conhecer melhor. Mesmo sem pretensão de um namoro ou pedido de casamento. E sim para curtir um filme, comentar sobre a crise do país ou ser companhia num sábado desses. 
Mas não quis, ao invés de seguir o fluxo das coisas e deixar acontecer naturalmente, preferiu colocar barreiras. Cismou que não era hora, parecia estar lindando com algum tipo de psicopata que vai te prender em compromissos e se ouvi a palavra futuro então, a conversa não passa do "qual é o seu signo?". Não entendeu que o caminho natural de todo e quaisquer relacionamentos é a sucessão de encontros. Permita-se, pois na vida vai conhecer pessoas maravilhosas, até para amizade, se for o caso, mas precisa de encontros, então não esquive. Criamos erroneamente uma utopia do que é um relacionamento e pessoas como você fogem dele. Com esses temores, se nega a fazer o princípio da vida, que é conhecer o outro. 
Vejo fotos, desejo ouvir palavras bonitas, ter um sentimento exasperado, um amor gritado, mas pelos cantos da casa, só encontro uma saudade sufocante. Uma vontade que não foi saciada. Sua presença não está aqui, deixou-me ir na forte ventania, fui jogado longe, porém sua ausência é companhia e hoje veio ficar mais tempo que uma visita no domingo. Não quis me dá direção, as palavras em câmera lenta ecoam, tentei deixar claro o que sinto, porém você não é bom em ler nas entrelinhas. Tentei até sangrar, até não dá mais pra aguentar e o tempo apagar. Sei que isso faz parte da vida, a escolha só é rir ou chorar, isso fica em minhas mãos. 
Só peço que seja feliz, porque assim serei também. Sabendo que você sorri e contamina todos a sua volta, ficarei bem. O lance é que meu querer é genuinamente verdadeiro, que te quero feliz, mesmo que longe de mim. Pois é até egoísmo sentir tristeza ao ver a felicidade de quem a gente gosta. Mesmo em dias como hoje, que o pensamento vai em ti e a saudade fica em mim, quero você bem. As feridas secam e vejo que não foi tempo perdido. Você foi uma história escrita, uma experiência, que independente do desfecho, não foi tempo perdido. Só dói que a saudade resolve vim, quando já até esqueci. Mas vida que segue!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sou de gêmeos

Está demorando eu te esquecer

Antes do fim